Artigos e Notícias

Como fazer a prevenção de Acidentes do Trabalho

No dia 27 de julho é comemorado o dia nacional da prevenção de Acidentes de Trabalho. A data tornou-se oficial em 1972, depois de regulamentada a formação técnica em Segurança e Medicina do Trabalho.

O Acidente de Trabalho é aquele que ocorre durante a realização do serviço ou no trajeto entre a residência e o trabalho, provocando lesão corporal ou perturbação funcional, gerando perda ou redução da capacidade para o serviço. As doenças ocupacionais também podem ser enquadradas nessa categoria.

Os acidentes podem ser causados por fatores naturais ou por falta de medidas de proteção. Por isso é fundamental o uso de EPIs, realização de exames médicos periódicos, entre outros.

A data tem como objetivo alertar a sociedade sobre a importância de práticas que reduzam o número de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho e promover um ambiente mais seguro e saudável em setores produtivos.

Uma das principais preocupações nesse setor, está relacionado ao acompanhamento dos exames médicos realizados nas clínicas, que avaliam a saúde e bem-estar dos empregados.

A IndexMed é uma plataforma que realiza o gerenciamento da saúde e segurança ocupacional, incluindo a administração de exames médicos, acompanhando o status em tempo real. Dessa forma, a ferramenta ajuda a garantir o monitoramento adequado da saúde dos colaboradores.

Veja nosso artigo de melhores práticas de Gestão da Saúde e Segurança para PMES:

Leia mais

 

Registro de Acidentes no Trabalho

Apenas no ano de 2021, foram comunicados 571,8 mil acidentes e 2.487 óbitos associados ao trabalho, um aumento de 30% em relação ao ano de 2020.

Os dados são do Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho, desenvolvido e mantido pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) em cooperação com a Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Entre 2012 e 2021, foram registradas 6,2 milhões de Comunicações de Acidentes de Trabalho (CATs) e o INSS concedeu 2,5 milhões de benefícios previdenciários acidentários, incluindo auxílios-doença, aposentadorias por invalidez e pensões por morte e auxílios-acidente. O gasto previdenciário no mesmo período, ultrapassou os R$120 bilhões somente com despesas acidentárias.

Para o período sob a conjuntura da pandemia da COVID-19 entre 2020 e 2021, em dois anos de pandemia, foram registradas 33 mil CATs e 163 mil afastamentos com casos de COVID-19. Entre as ocupações mais frequentemente informadas nas comunicações estão: técnicos de enfermagem (35%); enfermeiros (12%); auxiliares de enfermagem (5%); faxineiros (3%) e auxiliares de escritório (3%).

Quais são os principais tipos de acidentes de trabalho?

  • Queda de altura
  • Cortes e amputação de membros
  • Choques elétricos
  • Intoxicação por substâncias
  • Queimaduras
  • Esmagamentos e fraturas

Já em relação às doenças profissionais, as mais prevalente no Brasil são

  • LER (lesão por esforço repetitivo)
  • Transtornos mentais, como depressão e estresse
  • Perda auditiva induzida por ruído
  • Dermatose ocupacional
  • Câncer

 

Prevenção de acidentes no trabalho

Investir em saúde e segurança do trabalho é o primeiro passo para uma prevenção de acidentes efetiva. Os recursos utilizados para evitar imprevistos têm custos e consequências menores do que lidar com tragédias.

Manter o ambiente de trabalho saudável e organizado é uma responsabilidade compartilhada entre empregadores e trabalhadores. A conscientização é uma das melhores formas de prevenir acidentes. Aplicação das devidas regras e medidas de segurança também devem ser realizadas.

 

Dicas para prevenção de acidentes e segurança do trabalho

 

1. Evite a exposição imprudente

É necessário orientar o funcionário. O risco precisa ser entendido e calculado por parte da empresa. Algumas atividades profissionais são perigosas, mas, nesses casos, o trabalhador deve possuir todos os recursos e aparatos de proteção.

 

2. Mantenha o ambiente de trabalho organizado

Muitos acidentes ocorrem por desorganização na área de trabalho. Objetos obstruindo a passagem, ferramentas guardadas em locais inadequados, tudo isso junto à rotina de trabalho, pode resultar em um ambiente perigoso para todos. Cabe aos gestores supervisionar e manter o local limpo e organizado, orientando da melhor maneira possível os colaboradores.

 

3. Exija o uso correto das EPIs

Toda empresa é obrigada a fornecer os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para seus colaboradores. Existem EPIs específicos para cada trabalho e serviço a ser exercido. Uma vez que esses equipamentos estejam sob posse dos trabalhadores, ele é obrigado a utilizá-los e a zelar pela integridade dos mesmos. A empresa tem o dever de fornecer e o direito de cobrar o uso de cada um deles.

 

4. Informe-se sobre a CIPA

A CIPA significa Comissão Interna de Prevenção de Acidentes e tem em vista a prevenção de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho e busca harmonizar o trabalho e a prevenção da vida e saúde dos trabalhadores. Procure a CIPA e conheça um pouco mais sobre as ações realizadas no seu local de trabalho.

 

5. Faça a revisão das máquinas de trabalho

Máquinas inadequadas e seu mau uso são um dos maiores causadores de acidentes no trabalho. Toda máquina precisa de cuidados e revisões frequentes. Se isso não acontecer, ele estará mais suscetível a mau funcionamento e poderá gerar acidentes.

 

6. Comunique incidentes

Tudo que acontecer fora da normalidade deve ser comunicado aos superiores, principalmente no setor de segurança do trabalho. A comunicação serve para chamar a atenção de ocorrências que podem se repetir com outros trabalhadores, dessa forma, o registro serve para evitar problemas futuros com adoção de práticas simples de correção e prevenção.

 

7. Realize treinamentos

Os trabalhadores não devem executar atividades para as quais não são treinados, especialmente as que envolvem riscos. Serviços de maior periculosidade exigem treinamentos e cursos mais profundos, em nenhuma hipótese o trabalho deve se arriscar em fazer tarefas que não sejam de sua competência.

 

Veja como a Indexmed pode ajudar a sua empresa na gestão das informações e prevenção de acidentes de trabalho, o cadastro pode ser gratuito!

Comece a usar agora!

« Voltar